Prefeito Hingo Hammes anuncia redução na passagem de ônibus, que fica mais barata a partir de 1° de agosto

O prefeito interino de Petrópolis, Hingo Hammes, garantiu, nesta sexta-feira (16/7), a redução na tarifa de ônibus a partir do dia 1º de agosto. A redução será de R$ 0,20, de R$ 4,40 para R$ 4,20. Além disso, o governo municipal conseguiu junto às empresas a assinatura de um termo de compromisso para o retorno de 100% da frota de ônibus nas linhas troncais, em horários de pico.

As mudanças ocorrem após pressão do governo municipal para garantir melhorias no sistema de transporte, já que uma decisão judicial determinou, no fim do ano passado, pagamento de subsídio às empresas, em decorrência de alegado desequilíbrio financeiro durante a pandemia e também do não pagamento de valores previstos em lei para subsidiar a gratuidade de estudantes. Desde o início do ano, o governo municipal vem negando o pagamento sem a garantia de melhorias no sistema, em benefício da população. A contrapartida garantida agora – com redução do valor da passagem e retorno da frota – segue na contramão do que vêm fazendo outros municípios, ao subsidiar o transporte público no contexto da pandemia da covid-19, sem qualquer tipo de melhoria no sistema.

“Desde o início do ano vínhamos buscando diálogo com as empresas, de forma a garantir melhorias no sistema de transporte. Tudo o que envolve este serviço sempre foi motivo de muita preocupação, especialmente neste período de pandemia. O problema é que toda a questão estava judicializada, o que dificultava a gestão do município sobre o serviço”, explicou o prefeito interino Hingo Hammes.

“Agora, com a garantia de redução da tarifa e compromisso das empresas – formalizado judicialmente – de retorno da frota nos horários de maior movimento, damos um passo firme e importante na direção de soluções para tenhamos um transporte mais eficiente e de melhor qualidade. Temos conhecimento das alegações das empresas, mas também, e principalmente, da necessidade do trabalhador que depende do transporte público”, destacou Hammes, que trabalhou, ao lado do procurador do Município, Fabio Alves, e do Controlador Geral, Alex Christ, no processo que culminou, agora, no termo de compromisso validado por empresas, Prefeitura e Ministério Público. “É uma vitória em favor da população”, frisou.

Para cobrar a redução da passagem, o município utilizou o simulador de tarifas do próprio Sindicato das Empresas de Transporte – Setranspetro, que previa que, se houvesse pagamento de subsídio municipal para a gratuidade, a tarifa poderia ser mais barata. “Essa redução do valor faz parte de um pacote de mudanças no sistema proposto pelo município”, salientou o diretor-presidente da CPTrans, Luciano Moreira.

Segundo o procurador geral do município, Fábio Alves, as empresas assumiram o compromisso de já retomar a operação com média de 80% da oferta de viagens e 90% das linhas troncais nos horários de pico. A partir de 1º de agosto, a operação deve ser com 100% da frota nas linhas troncais nos horários de pico. “Neste prazo de um mês as empresas deverão se readequar, contratando rodoviários para garantir o retorno das linhas e horários que deixaram de operar”, ressaltou.

“Se era necessário pagamento do subsídio, era também necessária a garantia de um sistema de transporte melhor, com mais ônibus em circulação e infraestrutura adequada. Estudamos ainda a implantação de corredores exclusivos em vias troncais e medidas que já estão sendo adotadas para impedir a concorrência desleal, como a intensificação, junto com o Detro, das fiscalizações no transporte clandestino”, ressaltou o diretor-presidente da CPTrans.

O subsídio em outras cidades

Na última semana, a prefeitura de Juiz de Fora, Minas Gerais, anunciou o subsídio do transporte coletivo para manter o preço da passagem de ônibus sem reajuste. Segundo a gestão municipal da cidade mineira, um acordo realizado para evitar o aumento da tarifa e evitar demissões. Em abril, sem anunciar contrapartidas, a prefeitura de Campinas, no interior de São Paulo, divulgou o subsídio de R$ 72 milhões ao sistema de transporte público. Valor considerado insuficiente pela Associação das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Campinas.

Na capital, em março, a Rio Ônibus, sindicato que representa as empresas de ônibus do Rio de Janeiro, informou que acumula um déficit de receita de R$ 1,2 bilhão, considerando o período de um ano de pandemia de Covid-19, quando a média diária de passageiros transportados caiu (segundo o sindicato) de 3,5 milhões para 1,8 milhão. Um acordo de subsídio ainda não foi divulgado pela gestão municipal. Ainda em março, a perspectiva do aumento no ISS levou o Rio Ônibus a indicar a possibilidade de aumento de R$ 0,10 na tarifa.

Mudança nos partidos pode beneficiar Elias Montes e prejudicar Leandro Azevedo

Com o prefeito do Rio, Eduardo Paes assumindo a presidência estadual do PSD. O quadro político em Petrópolis para uma eleição suplementar, pode sofrer uma grande mudança, inclusive com relação aos possíveis candidatos a prefeito.

Qualquer mudança no cenário político pode prejudicar a candidatura do ex-vereador Leandro Azevedo. No primeiro turno da eleição em 2020 ele ficou em terceiro lugar, perdendo para os ex-prefeitos Rubens Bomtempo e Bernardo Rossi.

A candidatura dele somente se fortalece se o presidente regional confirmar seu nome e der liberdade ao deputado federal, Hugo Leal para conduzir o processo em Petrópolis. Nem o apoio da bancada do PSD na Câmara Municipal pode ajudar o ex-vereador.

Entre os vários fatores que pode prejudicar o ex-vereador é a proximidade de Eduardo Pães com Bernardo Rossi e também com o Governador Cláudio Castro. É importante lembrar que Matheus Quintal, candidato a prefeito em 2020 pelos Republicamos. Hoje é secretário do Governo Claudio Castro e tem em seu partido o também candidato a prefeito em 2020, Elias Montes, que se for confirmado candidato pode ser um o único beneficiado com a mudança do quadro político numa possível eleição suplementar.

Isto não quer dizer que será vitorioso numa eleição, pois, ele e os demais candidatos terão que enfrentar o prefeito interino, Hingo Hammes que até o momento não confirma, mas também não nega a candidatura a prefeito.

Prefeitura acaba com barreiras sanitárias

O prefeito interino Hingo Hammes, pública ainda hoje, no Diário Oficial do Município, novo decreto com restrições devido a pandemia causada pela Covid-19.

Entre as novidades do novo decreto está o fim das barreiras sanitárias instaladas nas entradas da cidade. A decisão de por fim as barreiras foi tomada depois de avaliação da equipe técnica da Secretaria Municipal de Saúde, que levou em consideração os dados sobre o Covid-19 na cidade, que apontam para um controle da pandemia.

Outra motivação, segundo informações, é o custo alto para manter as barreiras funcionando 24 horas.

Os dados da Prefeitura mostram que a taxa de ocupação de leitos para pacientes com covid-19 no Sistema Único de Saúde se mantém, nesta terça (15/06), em 32,47% em leitos clínicos e 41,67% em UTIs. Levando em conta toda a rede de saúde da cidade, incluindo hospitais públicos e privados, são 150 pacientes internados, sendo 90 em UTIs e 60 em leitos clínicos. Três óbitos foram confirmados e inseridos na base de dados do município nesta terça.  

Até agora foram realizados no município 166.645 testes para Covid-19, com 39.917 resultados positivos e 124.772 negativos (levando em consideração testes rápidos e Swab).

A Secretaria de Saúde esclarece que o número de óbitos, hoje em 1.252 é atualizado nos boletins apenas após o registro do atestado de óbito e do resultado do exame do paciente no sistema da Vigilância Epidemiológica, o que é feito por equipe administrativa. Trata-se de medida de segurança para evitar erro na informação divulgada pela Secretaria de Saúde.

A Secretaria acrescenta, ainda, que trabalha na atualização de dados de notificações e casos em análise no sistema, inserindo ainda dados pendentes de meses anteriores. É possível acompanhar a evolução dos casos no portal da transparência do coronavírus, no site da Prefeitura (www.petropolis.rj.gov.br).

Petrópolis terá restaurante popular nós distritos

Em reunião com o prefeito interino, Hingo Hammes na tarde de hoje, o governador Cláudio Castro anunciou que Petrópolis terá mais um restaurante popular que será instalado nos distritos.

A Prefeitura fará o levantamento das áreas nos distritos para saber onde o restaurante popular pode ser instalado. Após o levantamento, tudo será encaminhado ao Governo do Estado para que o restaurante possa ser instalado o mais breve possível.

O restaurante popular que atende a população do centro, com café da manhã e almoço, em breve vai beneficiar a população dos distritos.

Vinicius Farah toma posse como secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais

Vinicius Farah e o governador Claudio Castro

Com discurso enfatizando o apoio a pequenos e micro empresários, o deputado federal Vinicius Farah tomou posse nesta segunda (14), no Palácio Guanabara, como secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais. O novo secretário disse estar preparado para o desafio:  “É com muito orgulho e satisfação que assumo essa responsabilidade, trazendo minha experiência  de 33 anos de vida pública. É muito bom poder contribuir com um projeto vencedor que tem sob o comando do governador Claudio Castro a perspectiva de um novo estado do Rio”. Continue lendo “Vinicius Farah toma posse como secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Energia e Relações Internacionais”

Marcelo Freixo deixa PSOL e fortalece frente contra bolsonarismo no Rio

De acordo com as últimas notícias, o deputado federal, Marcelo Freixo, eleito pelo PSOL, deixou a sigla para se filiar ao PSB e com isso, ser um dos possíveis candidatos ao governo do Estado do Rio.

A mudança de partido é pragmática, pois no PSB, Marcelo Freixo pode fazer alianças com partidos que o PSOL, por princípio ideológico não poderia fazer, como siglas do centro-esquerda.

A postura de Marcelo Freixo fortalece um movimento que vem crescendo no Estado do Rio que é a formação de uma grande frente contra o bolsonarismo. Marcelo Freixo sem dúvida nenhuma é um dos poucos nomes que pode unir a esquerda e o centro-esquerda numa candidatura para chegar ao Governo do Estamos fazendo enfrentamento a direita e a um movimento que coloca em risco a democracia.

Vereador Domingos Protetor alerta população sobre risco de mudança de governo

O vereador Domingo Protetor defendeu esta semana na Câmara Municipal a continuidade do governo Hingo Hammes, que hoje exerce a função de prefeito interino enquanto o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) não decidi se o deputado estadual, Rubens Bomtempo, vencedor nos dois turnos nas eleições em 2020, pode ou não tomar posse.

Na avaliação do vereador, o governo do prefeito interino “está ótimo. Dentro de uma pandemia, dentro de um caos econômico que vivemos no Brasil e o governo fazendo o que está fazendo com vários projetos em desenvolvimento. Tenho certeza que o prefeito está fazendo um excelente trabalho”.

Na opinião do vereador, o único que teria condições de tocar o município com todas estas situações seria o ex-prefeito e atual deputado estadual, Rubens Bomtempo. “Ele foi democraticamente eleito, mas como não pôde assumir, não acho que nenhum dos outros candidatos teria condições de fazer um governo igual ou melhor que o prefeito interino Hingo Hammes está fazendo”.

Domingos Protetor destacou ainda que o prefeito interino conta com quase cem por cento dos vereadores lhe dando apoio. Ele criticou as pessoas que ficam utilizando as redes sociais para criticar o governo municipal, comentando que muitas destas criticas parte de pessoas que não conseguiram nada no governo.

Vereadores promovem audiência pública sobre Águas do Imperador

A vereadora Gilda Beatriz e o vereador Junior Paixão promovem, no dia 5 de julho, uma audiência pública que terá como tema central os serviços prestados pelo Consórcio Águas do Imperador.

Entre os temas que serão discutidos está o valor da tarifa cobrado pela empresa, principalmente o de esgoto e os serviços prestados em Petrópolis, que na avaliação de alguns vereadores é de péssima qualidade.

A audiência, segundo assessoria da vereadora Gilda Beatriz, foi motivada pelas muitas reclamações que os vereadores têm recebido em seu gabinete.

Esta semana, durante sessão na Câmara, no dia 8 de junho, o vereador Junior Paixão fez duras críticas a concessionaria, afirmando que ela primeiro precisa atender o povo levando água para locais onde a população ainda não tem água tratada, frisando que ela precisa investir na cidade e não apenas querer lucrar.

O vereador Ronaldo Ramos citou como exemplo uma parceria que tentou mediar para uma comunidade e recebeu da Águas do Imperador um não. Por isso, afirmou que a empresa não pode ficar apenas arrecadando sem dar uma contrapartida social para Petrópolis.

IMC nas Redes terá como tema Cultura e Acessibilidade hoje (09/06)

O “IMC nas Redes – Conversas Culturais” de hoje (09/06) terá como tema Cultura e Acessibilidade. A roda de conversa on-line será transmitida nas redes da prefeitura (Facebook e Youtube), às 19h, com a participação de Adriana Semola, Danilo Henriques, Lígia Bronzi, Mariana Diniz, Natália Kochem e Pedro Fernandes. A mediadora do encontro será Catarina Maul, gerente do Centro de Cultura.

Adriana Semola é advogada, artista, e membro dos conselhos de Defesa dos Direitos das Pessoas Com Deficiência e de Cultura, nos segmentos moda e design. Também é pesquisadora e coordenadora pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Rio de Janeiro nas áreas de tecnologia social e design e inclusão.

Professor de violino, violão e musicalização para educação infantil e especial, Danilo Henriques atua em várias instituições particulares e públicas da cidade. Idealizador e regente do projeto Coral dos Anjos, que tem como objetivo a socialização e inclusão através da música.

Professora de História da Rede Municipal e Estadual, Lígia Bronzi é militante do Sepe (Sindicato Estadual dos Profissionais da Educação) e ativista dos Direitos Humanos. Já Mariana Diniz é atriz e graduanda em Português e Literatura na UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro), idealizadora do NULAI-I, recém criado Núcleo Laboratorial de Artes Integradas e Incorporadas e produtora cultural.

Natália Kochem é ilustradora, arquiteta, mestranda em Urbanismo pelo Programa de Pós Graduação em Urbanismo da UFRJ, além de Conselheira Estadual do Instituto de Arquitetos do Brasil. Ator, Pedro Fernandes também é formado também em marketing e estudante de serviço social pós-graduação em gestão pública.

Vereador Marcelo Chitão quer dar utilidade a terreno na Duarte da Silveira

O vereador Marcelo Chitão aproveitou uma discussão na Câmara Municipal, durante a sessão da tarde de hoje, para apresentar uma proposta de uso de um terreno na Duarte da Silveira. A área já foi um aterro de lixo, desativado após uma ação na Justiça por estar dentro de uma área de preservação ambiental e fazer divisa com a Reserva Biológica do Tinguá.

De acordo com o vereador o terreno está vazio e poderia ser usado para alguns projetos. Um dos projetos citados por ele seria de reciclagem e até o uso por uma cooperativa de reciclagem.

A proposta apresentada pelo vereador foi motivado pela discussão sobre a geração de renda e emprego na cidade. Após a manifestação do vereador Júnior Paixão sobre a importância das empresas investirem na cidade gerando emprego.