Saúde, Educação e defesa civil são as prioridades iniciais do prefeito interino

Como era esperado, o vereador Hingo Hammes (DEM) foi eleito presidente da Câmara Municipal, recebendo seis votos, dos 14 vereadores que podiam votar. Com sua eleição, ele assumiu imediatamente o cargo de prefeito interino de Petrópolis e ficará no cargo até que o recurso do ex-prefeito Rubens Bomtempo seja julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ou seja convocada novas eleições para Petrópolis.

Sem previsão de quanto tempo ficará a frente da administração municipal e, ao mesmo tempo, retomando uma antiga tradição legislativa, quando o presidente da Câmara substituía o prefeito porque não existia a figura do vice-prefeito. Hingo Hammes anunciou ainda na Câmara Municipal que fará várias mudanças na Prefeitura e anunciou o primeiro nome de seu governo, o tenente-coronel Gil Kempers que será o secretário municipal de Defesa Civil.

Antes de deixar a Câmara, o prefeito Hingo Hammes falou sobre as três prioridades de sua administração, além é claro de buscar recursos para pagar os servidores municipais e manter os serviços funcionando.

O combate a pandemia, causada pelo Covid-19, é uma das prioridades do atual prefeito de Petrópolis. Uma de suas propostas é descentralizar os pontos de apoio a população e buscar os meios para aumentar o número de profissionais de saúde, principalmente os médicos.

Ouça o prefeito interino Hingo Hammes:

A outra área é a Educação. Hingo Hammes manifestou preocupação, afirmando que é preciso melhorar a plataforma e garantir o acesso de todos os alunos. Na sua avaliação, ainda não há condições de retomar as aulas presenciais por conta do aumento da epidemia. Ele falou que este será um desafio, concordando que o ano de 2020 foi um ano letivo perdido para muitos alunos e, entre as tarefas do novo governo, é reduzir a evasão escolar por meio de mecanismos que consiga atender os alunos e os profissionais de educação.

As ações de prevenção aos desastres naturais causados pelas fortes chuvas no período do verão, é outra prioridade do prefeito interino e por isso, ainda na Câmara anunciou o nome do Secretário Municipal de Defesa Civil. A preocupação com possíveis desastres, com prioridade para prevenção e salvar vidas, Hingo Hammes antes mesmo de saber se seria ou não eleito, negociou com o governo estadual a liberação do tenente-coronel, Gil Kempers.

A partir do dia 2 de janeiro, o prefeito interino inicia as conversações para formar seu secretariado e conforme for confirmado os nomes, fará o anúncio a população. Hingo Hammes disse que o desafio será grande, mas acredita que as coisas não acontecem por acaso e que seja da vontade de Deus. Por isso, num breve discurso aos vereadores pediu o apoio de todos.

Esta entrada foi publicada em Notas Políticas e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas para Saúde, Educação e defesa civil são as prioridades iniciais do prefeito interino

  1. Silvana disse:

    Rogério me ajuda a entender melhor se o prefeito interino é aliado ou oposição ao governo antigo governo, e como foram feitas as aliaças para os votos recebidos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *